Quem sou eu

Minha foto
Artista visual, arteira desde sempre. Amo moda, fotografia, desenho, teatro, dança. E mais tantas outras coisas, mas...Acima de tudo, amo a liberdade de ser eu mesma!!!!!

Oi, meu nome é Daniela Karg, bem vindos ao meu blog!

Reunindo minhas linguagens, que transitam pela moda, maquiagem, teatro, fotografia, dança e artes visuais, criei a Alma de Boneca!

Confecciono bonecas, acessórios e fantasias exclusivas, combinando minhas técnicas e elementos vindos de histórias (contadas por quem as encomenda e minha imaginação).

Conheça meu trabalho e fique à vontade, entre contos, sonhos e poesias que costuro em minha ALMA!

APRECIADORES

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Somente agradeci



E mais um ano se passou, com as maravilhosas reviravoltas da vida, que mostra a todos nós que nada se perde, mas TUDO é uma magnífica metamorfose, um aprendizado sem fim!
Mais um aniversário, dessa vez, do jeitinho que sempre sonhei: em família. E tenho orgulho de dizer, que mesmo geograficamente distante de toda a minha família, ela esteve mais presente do que nunca, composta por parentes e amigos que fazem parte da minha essência!

Eu gostaria de dar meu abraço pessoalmente, mas como no momento não é possível, aqui vai o meu abraço energético para:
Meus pais e meu irmão, o "tripé" que me mantém no mundo!
Tia Cássia, que amanheceu meu dia (beeeem distante mas com um carinho colado no peito), obrigada!
Tia Mila, com palavras que sempre fazem meu dia mais feliz!
Meus sogros, meus cunhados, minhas sobrinhas princesas e toda a grande família que a vida me deu de presente, obrigada é uma palavra minúscula para agradecer tudo e tanto que recebo, principalmente o motivo que nos uniu nessa vida. Pois se não fosse por um poeta das estrelas, eu não teria conhecido e entendido o que é continuar e acreditar que nada é impossível!
Leandro, Nega, Mari. Amigos do peito que amo demais, meu sempre obrigada!
Magnus...Se tu não "aparecesse", iria até Canoas pra puxar os teus pés! Também te amo "4ever"!
Outra turma das artes e amigas do coração, Nandazul, Renata Galvão e Nanda Corrêa: palavras e gestos do coração, admiro-as demais, agradeço pelas energias positivas de sempre!
Desculpem se faltaram nomes, de queridas distantes que lá de Porto Alegre me parabenizaram através do meu irmão, Mariana, Mara e Júlia, assim como tantas outras pessoas, que independente do meu aniversário, quero muito abraçá-las e agradecê-las!

Não tenho perfil pessoal do Facebook, pois minha melhor rede social, (que não troco por nada) é aqui na Aurora da minha vida *__*, hora do momento #presentesquemedeixamabsolutamentefeliz:

Os registros não ficaram muito bons, mas aqui estão algumas páginas do livro mais caro, mais longo e mais belo que o Jeronimo já me deu e me emocionou demais. Páginas com palavras e imagens, pedaços importantes e mágicos da minha vida:







Mariana Ferri, sempre me fazendo chorar com suas palavras!
Precisei transcrevê-las, pois como sempre, o Blogger não tem me ajudado na fácil tarefa de copiar e colar. Eis um trecho do poema da doce Mari, uma artista que o mundo precisa conhecer:

Às 06h00



Eu queria ter escrito, ter enviado, mas o tempo atrapalhou
Eu poderia ter me envolvido, ter encontrado, mas o destino não deixou
Ainda assim me veio um sentido, iluminado, como tudo começou
Provando que nossas almas se encontram, dentro do tempo e do espaço, que o amor proporcionou

De perto, de longe, nossas almas se encontram todo o dia
De dia, de noite, mantemos girando a ciranda da sintonia.

E hoje mais uma volta foi completa. Voltas dentre tantas voltas, que gira nesta ciranda sem fim. A ciranda da vida, da evolução, das relações, da sintonia, do amor...

Leia mais no seu blog Rosas e Armas: http://rosasearmas.wordpress.com/2013/11/28/as-06h00/

Mais um presente poema que a vida me dá todos os dias e que tenho a bênção de participar. 
Jeronimo Sanz, completando minha família de artistas. É uma honra ser parte dessa verdadeira usina de energia vital! 

A chave


Hipnotizo folhas vazias
Serpenteando eclipses de acrílico
Até atordoar as dobradiças de uma noite trancada

Então a tua forma emerge
Como uma ilha vulcânica
Cuspindo flores e cores nesta escuridão naufragada

Então a tua forma se espalha
Como o vestido d'aurora
Iluminando e libertando a poesia da própria palavra.

Mais encantamentos no blog Sonho no Sonho: http://sonhonosonho.wordpress.com/

E o que mais eu poderia querer? Nada. Isso não quer dizer que não tenho ambições na vida. Mas isso quer dizer que hoje encontro a paz dentro e não mais fora (materialmente e fisicamente falando). Ser amado não é o mesmo que ser querido, pois a vida não pode ser medida por números de comentários, de curtidas, de mensagens, de seguidores, de visualizações. Pedir atenção é um bom sinal para pensarmos em quantas vezes já demos valor e a devida atenção aos outros...hoje posso dizer que tenho o que muitas pessoas famosas sonham ter e não conseguem, ou morreram sem nunca ter atingido: amor próprio e certeza de que sou eterna aprendiz!
Fui ensinada que devemos sempre apagar velinhas fazendo pedidos. E pela primeira vez, em 29 anos eu não pedi mais nada, somente agradeci. 

Abraços, até o próximo post!



4 comentários:

  1. Estou sem palavras!
    Muito emocionada!
    Você é merecedora de todo amor deste mundo.

    ResponderExcluir
  2. Linda linda linda! Obrigada por tudo, sempre!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, Dani! Mando um beijo e um abraço atrasados, mas carregados de todo carinho do mundo! Que venham muitas auroras e muitos sonhos realizados *.*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Para todos nós! Auroras e sonhos \o/ Obrigada, de coração!!!!

    ResponderExcluir