Quem sou eu

Minha foto
Artista visual, arteira desde sempre. Amo moda, fotografia, desenho, teatro, dança. E mais tantas outras coisas, mas...Acima de tudo, amo a liberdade de ser eu mesma!!!!!

Oi, meu nome é Daniela Karg, bem vindos ao meu blog!

Reunindo minhas linguagens, que transitam pela moda, maquiagem, teatro, fotografia, dança e artes visuais, criei a Alma de Boneca!

Confecciono bonecas, acessórios e fantasias exclusivas, combinando minhas técnicas e elementos vindos de histórias (contadas por quem as encomenda e minha imaginação).

Conheça meu trabalho e fique à vontade, entre contos, sonhos e poesias que costuro em minha ALMA!

APRECIADORES

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Resposta ao tempo

Esse post é para aqueles que, assim como eu, não sentem a passagem do tempo agir em sua vida.
E nem me refiro ao fator físico, mas sim, psicológico.
Conheço pessoas que carregam o peso da idade já nos primeiros anos de vida. Geralmente, são aquelas que envelhecem mais rápido.
Estou sempre brincando que sou velha, porém, a cada ano que passa, sinto minha mente expandir ainda mais para as mudanças da vida. Ganho rugas, mas meu espírito jovem se renova mais e mais!
Se eu pudesse um dia, colocar um espelho em frente das pessoas que me perguntam qual o segredo da minha "juventude", muitas poderiam ver o reflexo da sua falta de sonhos, de objetivos, de paz de espírito e aceitação de si mesmas...
A música "Resposta ao tempo", da Nana Caymmi, foi tema da minissérie Hilda Furacão, em 1998, obra baseada no livro de Roberto Drummond.
Desde que a ouvi pela primeira vez, tive uma identificação imediata! Embora trate de uma letra densa, para compor a trilha de uma história igualmente forte, a recebi como uma espécie de conversa. Como se o tempo, representasse aquelas pessoas que por minha vida passaram, que me odiaram, me julgaram e que ainda nutrem algum tipo de rancor por mim, muitas vezes em silêncio.
Algumas, me custaram esquecer, outras, são hoje motivo de riso, por fatos tão banais.
Aproveito para compartilhar algumas das tantas cenas belíssimas da minissérie, que voltei a assistir a poucos meses.
Escolher os capítulos que mais gosto seria difícil, sou fã dessa produção, cuidadosamente dirigida (Wolf Maya) e interpretada por um elenco que deu vida a personagens incríveis (Cintura Fina, interpretado por Matheus Nachtergaele; Maria Tomba-Homem, personagem de Rosi Campos; Madame Janete, por Arlete Salles; Dindin, personagem de Guilherme Karam) entre outros. E claro, Ana Paula Arósio, que ainda hoje é minha musa, dona de beleza e talento inspiradores!
Um feliz aniversário a todos que amam a vida e respeitam seus sonhos.
Abraços, até o próximo post!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário