Quem sou eu

Minha foto
Artista visual, arteira desde sempre. Amo moda, fotografia, desenho, teatro, dança. E mais tantas outras coisas, mas...Acima de tudo, amo a liberdade de ser eu mesma!!!!!

Oi, meu nome é Daniela Karg, bem vindos ao meu blog!

Reunindo minhas linguagens, que transitam pela moda, maquiagem, teatro, fotografia, dança e artes visuais, criei a Alma de Boneca!

Confecciono bonecas, acessórios e fantasias exclusivas, combinando minhas técnicas e elementos vindos de histórias (contadas por quem as encomenda e minha imaginação).

Conheça meu trabalho e fique à vontade, entre contos, sonhos e poesias que costuro em minha ALMA!

APRECIADORES

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Nascer



Fonte: Pinterest
E
Essa seria apenas uma resposta para uma querida apreciadora do Aurora. Mas como não sei fazer resumos (preciso trabalhar nisso), percebi que era mais um post do que uma simples resposta... Em continuação das imagens anteriores http://aurora-auroradaminhavida.blogspot.com.br/2012/10/entardecer.html Lá vai: Eu ainda corri pela rua, perseguindo a faixa vermelha de luz que em pouco tempo tomou conta do céu...Com a máquina fotográfica na mão, calçando meias e chinelos eu corri a ponto de pegar o caminho para o parque da minha cidade...
Mas as árvores no horizonte cobriram tudo, perdi a imagem perfeita!
Quando percebi, estava longe e voltei ofegante no escuro, toda descabelada (risos) suada e com os pés embarrados.
E não é que fui perseguida por uma nuvem de mariposas, cupins e formigas aladas? Uma imagem única, que só consegui captar através das luzes dos carros que passavam e iluminavam as asas transparentes que se enredaram em meus cabelos! Pela primeira vez entendi o que eu mesma imaginava e escrevia, já há tanto tempo, em alguns de meus poemas infantis!
 
 Nascer

A lua caminha no céu
As nuvens formam um véu
Flutuam em torno da luz
E brincam de carrossel

As estrelas aparecem
Como cristais que florescem
Num jardim iluminado
Pelos anjos em prece

É uma festa tão linda
Que a natureza se pinta
Camufla-se com a noite
Que Deus lhe deu como tinta

A noite guarda tesouros
Corujas, grilos, besouros
Vaga-lumes iluminam a floresta
Como ouro.

Quando chega o amanhecer
O sol vem nos aquecer
Raios rompem o véu da noite...
Um novo dia vai nascer.

Daniela Karg

Abraços, até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário